O Porquê da pratica de Pilates?

Gostava de reduzir Pilates a algumas palavras, como Joseph Pilates fez... Mas sou incapaz.
Pilates para mim é uma arte! A arte de conhecermos inteiramente o nosso corpo e de o utilizarmos para atingir qualidade de vida, saúde e beleza corporal. Para atingir estes fins, como em qualquer arte, é preciso dedicação, trabalho e empenho. Através do pilates podemos recuperar de muitos vícios e malefícios que se vão instalando lentamente no nosso corpo. As posturas estáticas que vamos adotando no dia à dia vão forçando o nosso corpo a "quebrar" sobre o stress, as responsabilidades e o peso de um dia, uma semana, um mês ou até um ano de trabalho. Cientificamente está provado que o exercício físico reduz este peso, mas pilates vai mais longe e com exercícios orientados, não só libertamos este peso incomodo, como melhoramos a estabilidade e a simetria do nosso corpo. 
A base do pilates é trabalhar o nosso ponto de estabilidade, o chamado centro, ou "power house" ou até core. Depois de termos um bom ponto de estabilidade todos os nossos movimentos de braços e pernas saírão muito mais fluídos e mais precisos. É só imaginar uma casa com pilares fortes, ou pilares fracos. Com pilares fortes, tudo o resto fica mais fácil.

"Poucos movimentos bem feitos realizados de forma correta e equilibrada valem por muitas horas de ginástica."

Outra vantagem do método de pilates é a variabilidade de exercícios. Com a ajuda de molas mais fortes ou mais fracas, podemos diminuir a dificuldade dos exercícios para pessoas com um grau de incapacidade maior, ou pelo contrário, dificultar exercícios para atletas e pessoas com bom porte atlético, de modo a melhorar a sua flexibilidade e também a sua força física. Podemos também adaptar a pessoas que sofrem de alguma patologia melhorando a sua condição física.

Outro ponto chave de pilates é a noção/consciencialização do próprio corpo. À medida que executamos os exercícios de forma precisa e simétrica, vamos ter a noção do que está certo ou errado no nosso dia-a-dia. Este ponto é fundamental, pois pilates não se fica apenas dentro de um estúdio, mas pretende consciencializar as pessoas que o praticam a perceber quando estão numa postura errada, ou numa postura correta, seja na cozinha, no quarto, no local de trabalho, no restaurante etc...
É incrível pensar que esta técnica tenha surgido há quase 100 anos e apenas alguns países lhe tem dado o devido valor.

Por fim deixo a frase que melhor caracteriza Pilates: “Com 10 sessões você perceberá a diferença, com 20 sessões os outros irão perceber a diferença e com 30 sessões você vai ter um novo corpo” - Joseph Pilates
 
Fico à sua espera!

Rui Ferreira